Ceia de Natal faz mal para Cães e Gatos?


Vem chegando a ceia de nata e ano novo. Algumas pessoas acabam oferecendo algum pedacinho da comida que estão ingerindo para o seu pet, porém, alguns destes alimentos podem intoxicá-los!

Mas o que fazer com os pets que pedem comida na hora da refeição?

Uma única vez que você oferecer ou atender um pedido do seu pet e compartilhar com ele sua refeição, pode ser o suficiente para desenvolver esse comportamento.

Vai viajar no final do ano? Reserve aqui uma babá para o seu pet!

Se o seu pet pede comida a mesa é sinal que em algum momento você reforçou esse comportamento.

Os pets não precisam estar do lado da mesa na hora que você se alimenta. Crie um espaço para o seu pet ficar durante as refeições da família e ofereça um lanche ou uma distração para ele se ocupar.

Lembre-se: um pet só pede aquilo que ele ganha.

Abaixo, listo os alimentos mais perigosos:

Alimentos gordurosos – chester, peru são não podem faltar na ceia humana. Mas esses alimentos gordurosos são um perigo para a saúde estomacal do seu cachorro. É muito comum que os cães tenham pancreatite após comê-los. Os sintomas mais comuns da doença são vômito, diarreia e dor abdominal.

Ossos – os ossos podem perfurar estômago e intestino. Os de aves são particularmente perigosos, pois se tornam quebradiços após cozidos. Para cães, só devemos dar ossos crus e carnudos.

Álcool – mesmo em pequenas quantidades, bebidas alcoólicas como cerveja, vinho e champanhe podem intoxicar os pets.

Chocolate – os efeitos tóxicos do chocolate surgem dentro de 24 horas. Quanto mais concentrado for o chocolate, maior o perigo. Esse alimento provoca vômitos, diarreia, taquicardia e até convulsões. Portanto, se o chocolate estiver entre os presentes de Natal, não deixe-o embaixo da árvore. Sabe como é, ele pode ser farejado e degustado.

Cebola – Mantenha os pratos carregados de cebola longe do seu pet. O alimento contém tiossulfato, que danifica as células vermelhas do sangue e pode causar anemia em cães.

Uvas e uvas passas – ambas podem provocar falência renal. Portanto, mantenha o panetone e a mesa de frutas vigiados.

Massas com fermento – massas com fermento se expandem e produzem gases no sistema digestivo, causando dor e, dependendo da quantidade e do tamanho do cão, até ruptura estomacal.

Gostou das dicas?

Coloque em prática e suba tag #DaTempoCaoPasseador :)

Bons treinos!


0 visualização

© Cão Passeador. Todos os direitos reservados. | CNPJ 21.792.962/0001-09